• Privacy Policy
  • DMCA
  • Impressum

Homem de 90 anos finalmente confessa seu grande segredo à família

Enquanto estava em casa durante a pandemia de COVID-19, Kenneth Felts decidiu que aquele era o momento certo para escrever suas memórias. Ele havia escondido uma grande parte de sua vida de todos que conhecia e, se não compartilhasse agora, talvez nunca tivesse a oportunidade de fazê-lo. Então, depois de refletir a respeito de algumas dolorosas lembranças, Felts sentiu que já era o suficiente. Aos 90 anos de idade, esse homem finalmente revelou seu segredo.

Muito tempo atrás

Quando se sentou para começar a escrever suas memórias, Felts sentiu uma onda de emoção se apoderando dele. O homem havia vivido tanta coisa que daria para montar algo extremamente épico. No entanto, colocar todas as palavras no papel seria mais difícil do que ele pensava.

Capítulo um

Por onde começar a história? Embora não faltassem memórias, Felts percebeu que tinha um problema maior. A verdadeira questão não era por onde começar, mas o que colocar. Afinal, ele possuía um segredo que jurou levar para o túmulo.

Recordações

Felts lembrava-se muito bem de sua rigorosa e religiosa educação no Kansas. O auge de sua frustração ocorreu em 1942, quando, aos 12 anos de idade, ele percebeu que era diferente da maioria das outras crianças.

Isolado

Felts era gay e ele sabia que não podia revelar isso. Na época, o garoto sentia-se inseguro em ser aberto sobre esse assunto em casa, tanto que sua orientação sexual se tornou algo que nem seus amigos mais próximos sabiam. Felts tinha medo demais das consequências. Mesmo após muitos anos, ele não fazia ideia de como sua família reagiria ao que estava escrevendo.